top of page
  • Igor Arruda

Cinco cuidados para se atentar nesse período de chuvas com os animais

Ao serem expostos à chuva, os animais podem contrair bactérias, vírus, micro-organismos e parasitas e, assim, virem a desenvolver algumas doenças. Por isso, é muito importante mantê-los secos (caso se molhem) e com as medidas preventivas em dia (vacinas), visando proteger a saúde do animal.


01

Proteja o cachorro da chuva durante os passeios


Passeios são indispensáveis, principalmente para os cães que fazem suas necessidades fora de casa. Para não ser pego desprevenido pela chuva, o tutor pode investir em uma capa de chuva. Mas, apesar da capa de chuva proteger o corpo do pet, as patas continuam expostas. Para evitar frieiras e outras doenças, é recomendado higienizar as regiões do corpo, assim que voltar para casa. Se o bichinho se molhar completamente, seque ele(a) o quanto antes.


02

Não deixe o cão beber água parada


Para os cães, água é água e não é raro eles quererem matar a sede nas poças que encontram pelo caminho.


Porém, ingerir água empoçada expõe os animais a diversos riscos, tais quais bactérias e parasitas, e e ele pode até sofrer intoxicação se houver resquícios de pesticida ou gasolina no chão.


03

Fique de olho na pele dos pets e redobre a atenção com dermatites


Em um período intenso de chuvas, a umidade do ar aumenta, o que deixa a pele do cão mais sensível e facilita o aparecimento de dermatites.,


Estratégias como manter o pelo aparado, bem penteado e seco, impedem o desenvolvimento de doenças.


04

Cuidado com o risco de leptospirose


Chuvas intensas podem provocar alagamentos. Nessas situações, o cão não deve ter contato com a água, que pode estar contaminada e transmitir leptospirose.


Para reforçar a proteção do cachorro, o tutor precisa vaciná-lo periodicamente com as vacinas que previnem a doença


05

Atenção à frequência dos banhos e secagem dos pelos


Se o cachorro ficou exposto à chuva, o ideal é secá-lo assim que chegar em casa. Pelo úmido pode causar problemas de pele e até gripes. O ideal é usar toalhas e secadores de cabelo, mas tendo cuidado com o calor excessivo do aparelho.


Fonte: VetPrado























 
Venha para o Hospital Veterinário Santa Quitéria e busque orientações com a nossa equipe de veterinários.

Hospital Veterinário Santa Quitéria

​​Rua Bocaiúva, 918 - Bairro Santa Quitéria, Curitiba-PR

Nossa Clínica Veterinária e Hospital está aberto 24hs por dia, todos os dias.


Telefones:​

(41) 98409-6487

(41) 3345-6487

(41) 99747-6487




Comments


bottom of page